O conteúdo desta página requer uma versão mais recente do Adobe Flash Player.

Obter Adobe Flash player


ceresinaA genuína ceresina é derivada da ozoquerita, após o processo de refino e clarificação. É cristalina e densa, dura e seca, com coloração que varia do branco ao castanho.

Apresenta compatibilidade com ceras vegetais, animais e minerais, grande variedade de resinas naturais e sintéticas, glicerídios, hidrocarbonetos e ácidos graxos.

 

Seus usos compreendem a fabricação de adesivos; indústria têxtil, na impermeabilização e proteção antimofo; polidores para sapatos, pisos, automóveis, mobília e couro; borracha; cosméticos; lápis de cera; indústria farmacêutica; lubrificantes, para moldes e estampas e a indústria do papel, na impermeabilização e tintas.

As ceras de petróleo são derivadas da indústria petrolífera e removidas a partir do óleo bruto por destilação e vários métodos de extração.

 

Variam quanto à dureza, dependendo das características dos cristais, do ponto de fusão e da ausência de óleo. Apresentam cor branca, consistência sólida, textura de suave a dura e de oleosa a seca, estrutura em cristais fibrosos, sem odor e sabor.

Faldem Design
Site Validado: W3c | CSS